Os Clássicos da Política 1 – Hobbes: O Medo e A Esperança

COMPARTILHE:
Share

A chave para entender o pensamento de HOBBES é o que ele diz sobre o “estado de natureza”. Ele é um contratualista, ou seja, é um dos filósofos que, entre o século XVI e XVIII, afirmaram que a origem do Estado e/ou da sociedade está num contrato. O poder e organização, naturalmente inexistentes, surgiriam a partir de um pacto firmado pelos homens e estabeleceria as regras de convívio social e subordinação política. Continue reading

Os Miseráveis: Um Novo Olhar

COMPARTILHE:
Share

Introdução

A miséria, como realidade, é bem antiga. Como tema, como um escândalo que deve ser superado, passa a ser novidade no século XIX. Luis XIV, apesar de ciente da miséria que grassava em seu reino na segunda metade do século XVII, prodigava luxo e não acreditava que algo pudesse ser feito contra a pobreza. A principal causa de mudança nesse cenário foram as migrações do campo para a cidade (em função de guerras e de industrialização no começo do século XIX) onde emprego, residência e alimentação eram precários. Continue reading