História Geral da África, I: Migrações e Diferenciações Étnicas e Linguísticas

Resumo de Migrações e Diferenciações Étnicas e Linguísticas, capítulo 11 de História Geral da África, obra organizada pela UNESCO. Boa leitura!

Durante muito tempo, os historiadores acreditaram que os povos da África não haviam desenvolvido uma história autônoma. Tudo o que representava uma aquisição cultural parecia ter sido levado até eles do exterior por vagas migratórias vindas da Ásia. Essas teses são encontradas com frequência nos trabalhos de muitos pesquisadores europeus do século XIX. Após a partilha do continente africano entre potências imperialistas, começaram a aparecer em profusão na Inglaterra, França e Alemanha trabalhos que descreviam a vida e os costumes dos povos colonizados. Continue reading

Em Debate – A Corrupção Afeta a Qualidade da Democracia?

Resumo de A Corrupção Afeta a Qualidade da Democracia?, artigo de José Álvaro Moisés, publicado na revista Em Debate e presente na bibliografia sugerida pelo site USP Ensina Sociologia.

Os escândalos do “mensalão” em 2005 não impediram que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reelegesse no ano seguinte com mais de 60% de votos. Isso sugere algumas possibilidades: a maioria dos eleitores não estava informada dos fatos; informada ou não, a maioria não estava convencida do envolvimento do presidente e do seu partido; ou a maioria, em qualquer caso, não associa “o uso indevido de recursos públicos para fins privados” com irregularidades políticas passíveis de punição, embora o voto seja o instrumento por excelência de responsabilização de governantes (accountability) à disposição dos cidadãos. A questão envolve uma indagação sobre o papel da cultura política na ocorrência de corrupção no país e se isso afeta a confiança dos cidadãos nas instituições democráticas. Continue reading

História Geral da África, I: História e Linguística; Teoria Relativa às “Raças” e História da África

Resumo de História Geral da África – História e Linguística. Aqui estão as duas partes do capítulo 10 do livro organizado pela UNESCO. Boa leitura!

Ciências linguísticas e história

Todas as ciências que têm por objeto a língua e o pensamento podem contribuir para a pesquisa histórica. Continue reading

O Povo Brasileiro: Assimilação ou Segregação

 

Resumo de O Povo Brasileiro – Assimilação. É o capítulo 3 da parte III do livro de Darcy Ribeiro. Bons estudos!

RAÇA E COR

A análise do crescimento da população brasileira e de sua composição segundo a cor é altamente expressiva das condições de opressão que o branco dominador impôs aos outros componentes. Considerada a composição da população em 1950, verifica‐se que os índios de vida tribal estavam reduzidos a cerca de 100 mil (Ribeiro 1957); os negros terão alcançado um máximo de 5,6 milhões; enquanto os que se definem como pardos (mulatos) seriam 13,7 milhões;  e os brancos (que são principalmente mestiços) ascenderiam a 32 milhões. Continue reading

História da África, I: A Arqueologia da África e Suas Técnicas – Processos de Datação

Este é o resumo do capítulo 9 de História Geral da África, organizado pela UNESCO. Boa leitura!

Ao descobrir um artefato, o arqueólogo geralmente começa a estudá-lo através de meios puramente arqueológicos, como o registro da camada em que foi encontrado, a leitura do texto que o acompanha, a descrição de sua forma, o cálculo de suas dimensões, etc. Na maioria dos casos, entretanto, o arqueólogo não consegue encontrar os dados capazes de fornecer uma resposta às suas perguntas ou ajudá-lo a chegar a conclusões satisfatórias. Quando isso acontece, ele tem de submeter sua descoberta a outras disciplinas, para completar a investigação. Continue reading