O Capital: Conceito da Mais-Valia Relativa

COMPARTILHE:
Share

A parte da jornada de trabalho que apenas produz um equivalente do valor da força de trabalho pago pelo capital foi até agora por nós considerada uma grandeza constante. Se o tempo de trabalho necessário era constante, a jornada de trabalho total, ao contrário, era variável. Continue reading

O Capital: Taxa e Massa da Mais-Valia

COMPARTILHE:
Share

Da consideração feita até agora sobre a produção da mais-valia resulta que não se pode transformar qualquer soma de dinheiro ou de valor em capital, mas que essa transformação pressupõe certo mínimo de dinheiro ou de valor de troca nas mãos do possuidor individual de dinheiro ou de mercadorias. Continue reading

O Capital: A Jornada de Trabalho

COMPARTILHE:
Share
  1. Os limites da jornada de trabalho

Partimos do pressuposto de que a força de trabalho seja comprada e vendida pelo seu valor. Seu valor é determinado pelo tempo de trabalho necessário à sua produção. Se, portanto, a produção dos meios de subsistência médios diários do trabalhador exige 6 horas, então a parte necessária de sua jornada de trabalho compreende então 6 horas e é uma grandeza dada. Mas com isso não é dada a grandeza da própria jornada de trabalho. Continue reading

O Capital: Capital Constante e Capital Variável

COMPARTILHE:
Share

Os diferentes fatores do processo de trabalho tomam parte de diferentes modos na formação do valor do produto. O trabalhador acrescenta ao objeto do trabalho novo valor, por meio do acréscimo de determinado quantum de trabalho. Por outro lado, reencontramos os valores dos meios de produção consumidos como partes integrantes do valor do produto, Continue reading